sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Na Terra da Rainha: Pax Lodge

OI MUNDO!
Você sabe o que é Pax Lodge?
NÃO?
E bandeirantismo, você sabe o que é?
TAMBÉM NÃO?
Então pera aí que a wikipédia dá uma ajudinha:

Bandeirantismo, é um movimento educacional que tem como missão de ajudar crianças e jovens a alcançarem o ápice do seu pontencial como responsáveis cidadãos do mundo, uma organização apolítica, sem fins lucrativos, com a participação de adultos voluntários, vivência do Código e da Promessa Bandeirantes, convivência e trabalho em equipe, aprender fazendo, auto-progressão, vida ao ar livre, expressão e simbolismo, convivência entre jovens e adultos e serviço na comunidade. Link
Pois bem. Correto, Wikipédia, ponto pra você! Mas o que isso tem a ver com Pax Lodge ou eu estar na Terra da Rainha?
Pax Lodge é o Centro Mundial da WAGGGS (World Association of Girl Guides and Girl Scouts), e como os outros Centros Mundiais, oferece uma casa lonje de casa para bandeirantes e é um Centro pra sessões educacionais, eventos internacionais e outras atividades. Link
Já deu pra ter uma ideia de como isso é importante pro bandeirantismo, né?
Então já dá pra ter uma ideia também de quanto emocionada e feliz eu fiquei por estar lá.
Não?
Não dá?
Então dá uma olhadinha :)
Participação especial da Bebel e da Pati :D
(Aproveitar pra mandar um abraço de Marina pro povo do Fórum, povo do Pira, todos os LINDOS da Região de São Paulo, além de um muito-bem-gritado SERVIR!)

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Edição Especial: Na Terra da Rainha

OI MUNDO!
Como muitos de vocês sabem, eu fui passar o Ano Novo com a minha amiga Bebel (Izabel pros íntimos) em Londres. Quem não sabia agora sabe, e quem já sabia e quer saber algo novo: EU PIREI.
Vamos à alguns dados pra vocês terem uma noção: Londres é a principal cidade do Reino Unido, e tem mais ou menos 8 milhões de habitantes. Londres tem o maior metrô do mundo, o Big Ben, a London Eye, o Museu de Cera da Madame Tussaud, o Piccadilly Circus, a Tower Bridge e vários palácios, catedraiis e parques. Londres também tem o Pax Lodge, principal Centro Mundial Bandeirante, e Canden Town, um bairro cheio de punks e que tem até pastel pra brasileiros necessitados.
AVISO: Depois que os fogos começam, o vídeo é só dos fogos!
M&M's Store (e a Marina vai à loucuuuuuuuuuuuuura...)
Piccadilly Circus
Victoria and Albert Museum
London Eye na véspera de Ano Novo
(eu tentei tirar foto dos fogos, tentei.)
E pra quem gostou da ideia e quer ver a queima de fogos completa (vale a pena!):
Beijinhos e até logo menos :)

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

O motivo pra eu parar de postar

EU NÃO TENHO TEMPO! Eu sei, isso parece desculpa. Até é. Eu poderia deixar de descansar pra escrever no blog, mas esse não é meu objetivo aqui. Então mil perdões, mesmo voltando à ativa a quantidade de posts vai diminuir sim. Lembram a tabela de horários da escola que eu mostrei no post sobre a escola? Esqueçam. Mudou quase tudo.
Motivo?
Agora eu tenho que ir de 2ª a 5ª pra Osnabrück pro curso de alemão, que começa às 14h30 e termina as 17h45, então eu preciso pegar o ônibus das 13h37. Não vou mais em nunhuma das últimas aulas. Saio da escola 12h45, chego em casa 13h03 e tenho 27m pra ajudar minha mãe com o almoço, almoçar e correr pro ponto (porque depois que o ônibus não passou, eu sempre chego no ponto antes - mesmo sabendo que ele vai chegar no horário -, acho que é o costume de esperar por ônibus, hahahaha). Aproveitei e tirei as aulas de história de quarta e sexta-feira, que eu nunca tinha ido mesmo, o mesmo pra aula de política. Também tirei as aulas que tinham a dobradinha nas últimas aulas que eu não vou mais, só deixei o inglês de sexta feira porque eu preciso ir pra escola todos os dias, né. Conclusão: Só vou pras aulas de alemão, uma aula de história e uma de inglês. Se eu achava que antes tinha a grade horária dos sonhos, mudei de opinião. Agora sim tudo perfeito! hahahaha
Sobre o curso: Vai até fevereiro e acontece de segunda a quinta-feira. Éramos 8 intercambistas (2 do outro distrito) e mais 8 pessoas aleatórias, de várias nacionalidades aleatórias.
Magalí (Argentina), João (Brasil) e língua do Mario (México), hahaha
Erick (México) <3 Cecil (Chile)
Turco (que eu não sei o nome) e Madi (EUA)
Mas acontece que agora já acabou o primeiro módulo (tô meio atrasada... hahahaha) e metade dos aleatórios saiu :/ Mas os intercambistas continuam! \o/ HAHAHAHAHA
Agora sobre meu alemão...
Sim, ele está melhor. Mas eu não posso dizer que é pela aula de alemão, uma vez que eu aprendo mais espanhol que alemão na aula de alemão. Não me entendam mal, mas eu não aprendo coisas úteis pro dia-a-dia! hahahaha
Meu nível de compreensão continua o mesmo, mas as vezes eu arrisco uma frase ou outra... Tá dando certo! hahahaha
Bom, voltando ao assunto principal... Com o curso acabando as 17h45 e o ônibus passando só as 18h31, eu chego em casa entre 19h08 e 19h12. E depois disso eu tenho que jantar e fazer lição de casa (D:), que eu tenho todos os dias. Depois disso o que eu quero é descansar! Por isso os posts provavelmente virão de sexta feira, que eu saio da escola às 9h20 e não tenho mais nada pra fazer o resto do dia! :)
Ok, espero que depois da explicação vocês aceitem meu pedido de desculpas!
Tschüss!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Final de Semana (só um mês atrasado!)

Ok, ok. Não adianta me xingar. A verdade é que esse post foi escrito sobre o dia 01-02/10, e eu só estou postando agora, mais de um mês depois. A culpa ´do Photobucket, que não queria hospedar minhas fotos, mas agora tá tudo certo e o blog vai voltar a ativa. Juro.
Bom, nesse final de semana eu aparentemente não tinha mutas coisas pra fazer, já que todos os convites incluíam gastar dinheiro e, como uma boa intercambista, eu tô pobre. Minha mãe foi viajar pra fazer trabalho voluntário e eu fiquei com meu pai e meu irmão.
No sábado antes do almoço, cozinhei com meu pai - isso inclui ir no mercado e escolher cogumelos e tirar o frango do osso (coisa que eu não pretendo fazer nunca mais porque minha imaginação fértil via o frango gritando de dor) - e ele disse que à noite íamos pra Bad Rothenfelde, uma cidade que eu nunca tinha ido, não sabia onde ficava e só sabia da existência porque aparentemente é o ponto final do ônibus e eu tenho um amigo que mora lá. Eu não sabia nada sobre, nem o que íamos fazer. Vesti uma calça jeans e graças aos céus eu coloquei um blazer, vocês já vão saber o motivo.
Chegando lá, logo avisto um paredão de 412 metros, feito de umas plantas estranhas e que fica escorrendo água pra deixar a cidade mais úmida (eu não sei explicar, olhem a foto)
Andando um pouco, percebi um palco e um telão montados nesse negócio, com cadeiras vermelhas sobre um palaque (parecia um palanque), duas tendas onde serviam bebidas (só pros convidados VIPs, os das cadeiras vermelhas) e uma separação disso tudo, porque envolta tinham umas cadeiras de plástico e muita gente da "população normal". Santo blazer que me fez parecer um pouco menos largada! hahaha Tomamos suco de laranja e a moça nos apresentou nossos lugares (com nosso nome s2). 40 minutos de discurso e duas bailarinas aparecem no palco, começam a dançar e os movimentos que elas fazem aparecem modificados na tela - e eu mais uma vez não sei explicar:
E depois que acabou, começou o evento de verdade. Todos os 824 metros do paredão (na frente e atrás, eu quis dizer) foram usados como tela pra uns videos muito loucos, não sei explicar, fiz um vídeo: Magnífico.
Mais fotos aqui:
No domingo à tarde, fomos pra Hannover - mais uma vez eu não sabia pra fazer o que.
Chegando lá, fomos pro Museu de Arte Moderna de Hannover. Eu nunca tinha visto tantos Picassos juntos na vida. Até enjoei do Picasso.
Saindo do museu, sentamos na pracinha pro meu irmão comer salsichão e ficamos assistindo as pessoas que tinham acabado de sair do jogo de futebol (Hannover x Bremen). Muitas famílias, muitas pessoas indo ver o jogo de bicicleta, ninguém gritando, todos com uma camisa ou um cachecol do time (as crianças mais ainda), barraquinhas vendendo só cerveja e salsichão. Depois fomos andando até o lugar do evento. Agora você pode imaginar minha vergonha por todos estarem completamente de social, menos eu. Tudo bem, eu sou intercambista. Tudo bem, eu tenho mais glamour porque cheguei andando e eles chegaram de bicicleta (HAHAHAHAHAHA, não.) sim, de vestido e bicicleta, terno e bicicleta, salto e bicicleta... pra mim não combina, ainda. Bom, aí aconteceu o evento.
Magnífico, mais uma vez.
Orquestra sinfônica de Osnabrück com um cantor (aparentemente famoso) de jazz. Incrível, indescritível.
Saímos do show e teve um coquetel, onde pegamos um autógrafo no CD e conhecemos um Rotariano.
E Segunda...
Espera, segunda?
SIIIM, aqui foi feriado! Reunificação alemã! (não sei porque essa animação, não fiz nada o dia inteiro... hahahahaha)
A Mareike veio aqui e nós fizemos pão de queijo pra ela levar numa aula de inglês especial "World Food"
Sim, host mãe adora tirar fotos (desse tipo)
Fiquem ligados no blog que nos próximos dias virão posts vários posts, incluíndo Roma e Deutschland Reise (tour)!
Se quiser ver todas as fotos do meu intercâmbio, é só ir em http://photobucket.com/mncreationsindeutschland :)
Volto em breve!

domingo, 18 de setembro de 2011

Presa em Osnabrück

Saio da escola, ando até o ponto e pego o ônibus (no horário, como sempre) pra ir pra Osnabrück. Normal.
O dia foi divertido! Andei pra cá e pra lá com o João (brasileiro) e o Cecil (chileno), comi Salsichão, comi no Mc, andei mais e mais e mais... comprei um DS!
Tudo muito bom, tudo muito bem. Mas aí, depois de andar tanto, decidimos ir embora às 19h35. Legal, fomos pro ponto e... puts! Meu ônibus passou as 19h30! E o próximo era só as 22h. Meus pais tinham ido pra França, mas mesmo assim eu precisava ligar em casa pra avisar meu irmão. Liguei e ninguém atendeu, então como a bateria do meu celular estava acabando, entrei rapidinho no Facebook e mandei uma mensagem pra ele, dizendo que o ônibus era só as 22h e que eu chegaria em casa às 22h37. Fiz isso e desliguei o celular (sem pensar no fato de que eu não sabia o código PIN, então seria tenso pra ligar ele outra vez).
(Se você não leu o post sobre os ônibus aqui, provavelmente não vai entender o que acontece depois disso)
E aí eu espero, espero, espero. 22h. Cadê o ônibus? 22h03 ele ainda não está lá e 22h07 eu desisto. Atrás de mim tinha uma loja de Döner (número 26 aqui), então fui perguntar - como ainda não estava acostumada - se era normal um ônibus atrasar 7 minutos. E, como vocês sabem, a resposta foi "na Alemanha? hahaha, não, isso é impossível".
O que eu ia fazer agora? O ônibus das 22h era o último ônibus e ele simplesmente não passou! Entrei em desespero. Tentei ligar meu celular e colocar algumas senhas, mas bloqueei meu chip. As ruas estavam totalmente vazias e escuras, e uma ou outra bicicleta passava de 10 em 10 minutos. Fui perguntar pros caras do Döner o que eu poderia fazer. O Turco disse: "se você esperar meu amigo (o Paquistanês) te leva pra casa!". NEM A PAU, eu não sou looouca! "Desculpa, não posso, preciso ir pra casa o mais rápido possível!". Depois de uns 15m, surge a ideia do táxi. Agora você deve estar se perguntando porque eu não pensei nisso antes, e eu explico: eu nunca tinha visto táxi aqui. E eu moro em outra cidade! Quando eu perguntei se eles sabiam de algum lugar com táxi, de súbito ouvi um "você sabe quanto custa um táxi na Alemanha?????????". O que eu poderia fazer? Pedi pra eles chamarem um táxi pra mim.
Conversei com eles por mais uns 15m até o táxi chegar e tive que ouvir DE UM PAQUISTANÊS: "nossa, mas o Brasil não é muito perigoso?" tudo bem, eu supero. Eles foram muito legais comigo e me ajudaram muito, então eu não podia responder que nós, pelo menos, não temos homens bomba. O turco ficou me contando o quanto ele odeia a Alemanha e os alemães, porque esse é o país mais frio do mundo (de gente e de temperatura). Aí o táxi chegou e o taxista era super simpático e falava inglês e espanhol. Depois que eu disse o quanto gostava da Alemanha e queria conhecer mais sobre a cultura, ele me deu um CD.
Quanto custou? 25E. É, mais de 60 reais por 15km. Fazer o que? Não tinha outra solução.
O que eu aprendi com tudo isso?
1º. Sempre olhe o horário do ônibus muito antes de querer ir embora;
2º. Um DS pode ser muito útil quando você tem que ficar 2h30 sem fazer nada;;
3º. Não desligue seu celular se você não tem a senha para ligá-lo depois;
4º. Tudo pode estar muito bem, ficar extremamente mal e você pode acabar ganhando um CD no final.
(Meu irmão? Cheguei em casa e subi até o quarto dele, contei o que aconteceu e ele disse "Ah, o ônibus não passou? Que estranho. Boa noite.")

sábado, 17 de setembro de 2011

50 fatos que você (provavelmente) não sabia sobre alemães

1 - A água é sempre com gás e pouquíssimas vezes tem qualquer tipo de gelo. Se você quer água sem gás, tem que especificar;
2 - Você só usa All Star se tem dinheiro. (All Star aqui é 60E!);
3 - Eles se vestem super bem pra ir pra escola. E pra qualquer outra coisa;
4 - Eles quase não usam aliança, mas quando usam é na mão direita;
5 - As pessoas no último ano da escola não tem certeza do que querem na faculdade (praticamente ninguém), mas ninguém quer engenharia, TI ou nada do tipo;
6 - Tinha uma foto do Descobrimento da América em que os nativos americanos eram pequenos e estavam com medo e os europeus eram grandes e tentavam colonizar e implantar o Cristinismo. EU TIVE QUE OUVIR, E TODOS CONCORDARAM que o aspecto negativo da figura era o fato dos nativos estarem com medo, e não dando boas vindas (a foto é essa);
7 - A água da torneira é sempre potável;
8 - Eles aprendem na escola que a banana, na árvore, é verde;
9 - Eles (assim como o resto do mundo), pensam o que coco é sempre marrom;
10 - Pelo menos na minha casa, nenhuma refeição tem horário certo. Comparado com o Brasil, todos os horários são malucos (já falei disso aqui);
11 - Não, é mentira, eles gostam muito de cerveja e bebem muito. E cada região tem suas marcas famosas, que você só encontra se for até lá. Na minha as famosas são a Krombacher e a Veltins (foto aqui);
12 - Eles não gostam de falar sobre nazistas nem nada relacionado à isso, odeiam Hitler e eu nunca vi uma suástica aqui;
13 - É muito difícil ver gente feia, todo mundo é bonito D: ;
14 - Eu vejo grávidas. (Com que frequência?) Todo o tempo!;
15 - Eles tem vergonha de falar em inglês (menos quando estão bêbados);
16 - Eles usam muito lenço no pescoço, todos eles, todos os dias!;
17 - Se você estiver precisando de ajuda/não estiver entendendo nada, eles vão te ajudar o máximo possível. Mesmo se você não pedir;
18 - Eles usam a mesma roupa por vários dias seguidos :S ;
19 - Eles aprendem perspectiva na escola;
20 - As casas são muito bem decoradas (por eles mesmos);
21 - Tem indianos e turcos por todos os lados;
22 - Aqui elas vão de saia e de bicicletinha (mas normalmente com as duas mãos no guidão...);
23 - Eles usam muito caneta tinteiro (e eu fiquei impressionada de perceber o quanto isso é mais inteligente! hahahaha);
24 - Eles não são muito simpáticos com estrangeiros (até saber que você só veio estudar);
25 - Eles decoram as casas tematicamente na entrada de cada estação;
26 - Tem uma comida que tem aqui em toda esquina e é diviiiina. Um lanche chamado Döner feito com um pão redondo (que parece pão sírio), carne daquelas que ficam rodando no espeto e um monte de outras coisas tipo alface, tomate, repolho, pimentão, cebola... É turco (fotos aqui e aqui);
27 - Eles tem uma caneta especial que apaga caneta! (que eu vou contrabandear pras pessoas preencherem a Zona Azul, hahahahaha - êê Brasil...);
28 - As vezes eu não sei se eles estão falando francês ou alemão;
29 - Eles comem arroz doce!!!!!!!!!!!!! (foto aqui - eles também fazem em casa, mas é só pra mostrar que tem o de potinho!);
30 - Todos eles sabem falar bem inglês, mas na primeira vez que você falar com eles sempre vai ouvir "Desculpa, meu inglês não é bom...";
31 - Todos os homens usam meias pretas que vão até o tornozelo;
32 - Eles separam o lixo bonitinho: plástico, papel, metal, vidro e orgânico. Você sempre pode encontrar um pote com o lixo orgânico na pia da cozinha, apodrecendo (não é só na minha casa, não);
33 - Quando eu tô indo pra escola vejo muitas maçãs e avelãs pelo chão *-*;
34 - Algumas janelas também abrem do jeito normal, mas normalmente elas são abertas só por cima (foto aqui);
35 - SIM, tem mendigos aqui! Mas eles não são tão sujos e fedidos, só que são tão bêbados quanto... hahahaha;
36 - Eu ando 30km de ônibus pra ir e voltar de Osnabrück no transporte público, mas eu gasto a mesa coisa que gastaria pra ir até Santos no transporte privado;
37 - Todas as pessoas assoam o nariz do jeito mais escandaloso possível, não importando se estão no supermercado, na sala de aula ou na mesa do jantar;
38 - Eles não fazem contas com e sim com D: ;
39 - Eles não se importam (tanto) com os dentes...;
40 - Eles andam MUITO, MUITO de bicicleta;
41 - Os pais não levam os filhos pra lugar nenhum ( e você vê crianças de 7 anos indo pra escola sozinhas de bicicleta);
42 - Eles aprendem a fazer aqueles movimentos de maestro que eu nem sei o nome na escola;
43 - Você pode começar a fazer aula de direção com 17, então no seu 1º dia de 18 você pode tirar a carta;
44 - O preço da gasolina é 2x o do Brasil, mas por algum motivo ela dura muitas vezes mais;
45 - Eles são muito fofoqueiros (mas nada que brasileiros não sejam);
46 - Todos que já podem dirigir pegam e levam os amigos em casa, sem problema nenhum e um super sorriso no rosto;
47 - Quase sempre é proibido estacionar na rua, então eles estacionam em estacionamentos (que tem preço de shopping);
48 - Eles adoram vans e carros grandes pra poder carregar os amigos e a família;
49 - A descarga do banheiro tem dois botões;
50 - Apesar de secos, são uns amores e você sabe que eles realmente gostam de você e se gostam com um olhar, não precisando de um abraço apertado. Mas quando te abraçam (mesmo depois que eles começam a fazer isso todo dia) você se sente muito bem porque "AHMEUDEUS, um alemão me abraçou!".
Eu sei que tem mais curiosidades pra escrever, mas isso eu vou postando com o tempo e incluindo nos outros posts :)

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Ônibus

Eu comentei no facebook sobre um dia em que eu fiquei presa em Osnabrück (a cidade grande aqui perto) e, pra poder explicar o que aconteceu aquele dia e porquê foi tão estranho, antes eu preciso explicar como funcionam os ônibus aqui.
Eu não sei se vocês conhecem o sistema de ônibus alemão, mas ele é todo bonitinho. Cada ônibus tem um horário certo pra passar em cada ponto. Se ele estiver atrasado, ele acelera muito. Se estiver adiantado, ele anda extremamente devagar. Mas eles sempre chegam na hora EXATA no ponto.
Quando eu digo no horário certo, eu quero dizer que você tem que estar lá um minuto antes dele, porque ele vai sair no final do minuto que ele tem que sair. Ele não vai esperar por você, não importa o quão desesperado você esteja correndo atrás dele.
Os horários do meu ônibus até Osnabrück são esses:
Você pode encontrar os horários na internet, nos pontos de ônibus tem os horários de cada ônibus que passa lá, e dentro do ônibus tem um papel que você pode pegar pra você com todos os horários que ele faz.
Os ônibus aqui são muito bonitos e confortáveis. Quase todos eles são duplos (aqueles de mola, sabe?) e os acentos são de frente e de costas (igual ao elétrico). Eles são vermelhos e bonitos, e realmente muito confortáveis.
O problema é que tudo isso tem um preço, e não é barato. A passagem só de ida é 3,10E e, se você comprar ida e volta, fica 6E. Gente. Ida e volta pra uma cidade à 15m da minha por R$15,00? Desculpa, não vale tudo isso. Você também pode comprar um passe mensal (que é o que eu pretendo fazer), mas ele também é bem caro. Só não sei exatamente quanto.
Quem cobra o ônibus é o motorista. O ônibus não tem catraca e, se você quiser entrar pela porta de trás, você pode. Me disseram que as vezes pode entrar um cara no ônibus e checar se todos estão com passagem, mas eu nunca vi.
Eu tenho um cartão de estudante, em que eu paguei 13E, mas supostamente eu só posso usar depois das 15h (hora que a maioria sai da escola) e de final de semana e só pra me locomover entre Bad Iburg e Osnabrück. Mas se você usa antes disso ninguém fala nada e se usa em outro ônibus ninguém vai falar nada também, mas eu não consigo :S (sei lá, além de ser totalmente errado, se algum dia alguém pegar vai ficar como 'brasileiros são assim', e não é isso que eu quero).
Durante a noite tem uns ônibus especiais que fazem uns caminhos especiais, os Nachtbus (ônibus da noite, dã! hahahaha). Mas eles só funcionam de sexta, sábado e feriado (domingo não).
Além de todas essas coisas, ainda tem o trem... mas eu só andei uma vez de trem e eu não tive que "fazer baldeação", então sobre ele eu falo depois.
Logo menos eu posto minha aventura em Osna aquele dia... hahahaha

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Babybel

Babybel? O que é um Babybel?
Não, isso não é um Babybel, é um MINI Babybel.
E aí a gente tira a embalagem e ele vira... isso. E você puxa a fitinha mágica que faz a capa abrir... E o Babybel começa a nascer... TCHARAN! Isso é um Babybel e isso vicia. Isso, minha gente, É QUEIJO!
E eu não consigo parar de comer... :(

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Gymnasium Bad Iburg

Bom, espero que vocês entendam o fato de eu ter demorado pra escrever sobre a escola quando chegarem no final do texto.
(Cliquem na imagem pra ir pro site da escola, eu não tenho fotos porque a câmera é pesada pra levar andando!)
Primeiro, vou explicar como funciona a escola aqui. O sistema é de 12 anos, do 1º ao 12, sem separação. Os professores ficam nas salas e os alunos mudam, indo até a próxima matéria, mas uma sala não é necessariamente de um só professor (visto que eu tenho matérias diferentes na mesma sala). As matérias não são seletivas até um certo ano, quando você pode começar a escolher que tipo de esporte gosta mais (entre Basketball/Escalada, Futebol/Fitness, Jogos ao ar livre/Atletismo, Atletismo/Handball, Volleyball/Fitness, Aeróbica/Bad Mington, Atletismo/Jogos Americanos, Basketball/Acrobacias, Natação/Bad Mington, Fitness/Frisbee,
Volleyball/Escalada e Handball/Fitness), religião, filosofia, artes, política, e etc. No 11º ano eles começam a receber uma grade horária com todas as matérias que acontecem simultâneamente em todos os horários e qual está ligada com qual (aulas que são na segunda e continuam na quarta, por exemplo) e uma quantidade necessária de horas pra pegar de algumas matérias, além de uma carga horária geral. Com isso cada um constrói sua própria grade horária, podendo começar a escola mais tarde, terminar mais cedo, ter um intervalo pra descansar/estudar e etc. É bem legal. Com isso tudo, as aulas PODEM começar 7h30 e terminar 16h10. Cada dia tem até 5 aulas e cada aula tem 1h30, +5m de intervalo no meio da aula. E entre cada aula tem mais 15m de intervalo, ou seja,: das 8h40 que PODE ter seu dia de aula, 1h10 é intervalo (não, eu não fiz a conta errado... é que alguns intervalos são diferentes a tarde, mas ainda é muita coisa). E temos
que considerar que ninguém almoça na escola porque aqui o almoço é mais tarde e também que, além de tudo isso, ninguém fica na escola por 5 aulas. Enfim, pra quem tinha 15 minutos por dia, É MUITO INTERVALO!
As aulas começaram no dia 18 e nos dias 18 e 19 eu fiquei no 10º ano com meu irmão. É bem diferente porque a classe é sempre a mesma, não fica mixando as pessoas totalmente o tempo todo, só nas poucas matérias seletivas. Mas era muito engraçado porque meninos e meninas não se misturavam! Eles até conversavam, mas ficavam em grupos totalmente separados. A gente não era assim no primeiro ano! Também por causa disso, eu fiquei mais com as meninas (super fofas, eu quero continuar falando com elas!) e só com um menino - dos que não eram amigos do meu irmão. Aí eu tive o final de semana pra escolher minhas matérias e na segunda comecei no último ano. :)
.
É ou não é a grade horária dos sonhos?? *-*
.
E então já no meu primeiro dia eu entrava mais tarde \o/ começando com aula de alemão, onde a professora foi um amor, passando pra arte, onde "ouvi" sobre Da Vinci e depois inglês, onde eu considerei mudar todas as minhas aulas pra inglês por ser a única aula que eu entendia tudo, hahahaha... E assim os dias foram passando, eu fui conhecendo pessoas, não podendo dormir em aulas (T_T), vendo eles comendo cenoura e pimentão nos intervalos (e sim, eles comem em todos os intervalos!)... e só entendendo as aulas de inglês!
Conheci bastante gente até, e o povo é bem legal e eles me ajudam bastante! É bom saber que eu vou poder participar de todo o processo de Abitour ("formatura") - festas, viagens, dias especiais e etc... Feliz :)
Bom, qualquer coisa que eu for percebendo depois, vou acrescentando.
.
.
.
Agora respondendo as perguntas...
Eu vou pra escola andando e levo uns 12m pra chegar lá. Não, ainda não aprendi a andar de bicicleta.
Eles continuam falando comigo em alemão (mas não sempre sempre) e eu respondendo em inglês com palavras em alemão, sei lá, por exemplo:
Was ist that thing in the spülmaschine? - O que é isso na máquina de lavar pratos?
Das ist really really gut! - Isso é muito muito bom!
(O que eu digo - O que eu quero dizer)
É, é um inglemão que nunca se viu igual.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

All You Need Is Love

Me desculpe se você vem aqui pra ler curiosidades ou ver fotos da casa, da cidade ou do país. Eu não podia deixar de postar sobre isso.
.
Hoje parecia um dia totalmente normal. Tirando o fato de que eu faltei nas duas primeiras aulas porque acordei com dor de cabeça, as aulas foram totalmente normais (e legais e simpáticas, mas isso é assunto praquele oooutro post, que já foi prometido, só sobre a escola...) e minha mãe foi buscar a gente - eu e o Josef - de carro, porque fomos encontrar a Anni em Osnabrück pra almoçar, passear e comprar umas coisas. Depois de almoçar comida chinesa e andar, andar e andar pelo centro de Osnabrück, eis que algumas coisas estranhas (mas muito boas) começam a acontecer.
Passamos uns 40 minutos dentro da Zara. Eu nem sabia que aqui tinha Zara, pra começar. E
bom, depois desses 40 minutos estávamos saindo sem levar nada. Eis que eu olho pra uma arara e vejo uma blusa, do avesso. Não sei o motivo que eu fui olhar aquilo, mas olhei.
IPANEMA, com uma foto da praia, escrito BRASIL e Rio de Janeiro. Eu não podia acreditar. Quando minha mãe viu o quanto eu tava abismada, ela comprou pra mim. Fiquei muito muito muito feliz, não só por ter a blusa, mas pela minha mãe ter me dado de presente. Bom, depois de andarmos um pouco passou a euforia com a blusa (hahaha) e nós entramos em uma loja aleatória que vendia de tudo e, pela primeira vez, eu vi Havaianas pra vender aqui. Preço original era 26E, mas eram as últimas das últimas peças e tava só por 10E! Quase que eu quis aproveitar! HAHAHA, mentira. Mas bom, levando em conta o fato de que ninguém que eu conheço nunca tinha ouvido falar de havaianas, mais um ponto pras coisas estranhas do dia.
E aí, pouco antes de ir embora, quando eu estava esperando a Anni sair da última loja, passou alguém por mim com o perfume do Luca. É, isso mesmo. Eu quase senti a presença dele alí. (pra quem não sabe, o Luca é um dos meus melhores amigos e o mais cheiroso, hahaha. Ele me deu uma carta com o cheiro dele, de tanto que eu gosto do perfume dele!) Bom, eu fiquei com
saudade nessa hora :( Tudo bem, eu supero.
Chegando em casa, meu pai diz que tem um envelope pra mim. É, um envelope. Pra mim. Na Alemanha. Ué.
HELOISA, EU TE AMO!
Eu nunca esperava que ela fosse me mandar isso de verdade.
Eu tinha emprestado essa blusa pra Helo duas semanas antes de vir pra cá e ela disse que ia levar no aeroporto (mas esqueceu, como sempre!). Eu achei que não veria a blusa outra vez. Quando ela disse que ia mandar, eu tinha certeza que era brincadeira e que isso não ia chegar nunca. Mas chegou.
Todas essas coisas estranhas fizeram meu dia muito, muito feliz. Obrigada por todo o apoio que vocês me dão pra tudo sempre, até mesmo sem saber, eu amo muito vocês.
.
Nowhere you can be that isn't where you're meant to be. It's easy.
All you need is love (: